Suspensão dos pagamentos de empréstimos consignados em 2022?

0

Você tem empréstimos consignados? Veja aqui as últimas notícias sobre a suspensão de pagamentos dos empréstimos consignados!

A proposta para suspender a cobrança dos empréstimos consignados por 120 dias! Isso mesmo, 4 meses sem pagar os empréstimos consignados!

Ainda este ano a DataPrev liberou uma nova margem para os consignados, aumentando em 5% os valores para empréstimos e 5% o valor para gastos no cartão!

O número de empréstimos consignados entre pensionistas e aposentados subiu para 40,5 milhões em 2021 enquanto em 2019 haviam 32,5 milhões, um aumento substancial no número de empréstimos consignados!

Em 2022 os empréstimos consignados se tornaram uma opção extremamente visada pelos endividados, negativados e pessoas com dívidas no geral.


Leia em seguida: Empréstimos consignados: Governo libera valores aos segurados do INSS

Suspensão de pagamentos dos empréstimos consignados

Além disso, há uma emenda em análise que pretender suspender a cobrança das parcelas do empréstimo consignado por 120 dias!

O deputado Ricardo Silva, que é também o novo relator do 14° salário, incluiu alterações na Medida Provisória 1106/2022 aprovada pelo Governo Federal em 17 de março de 2022! Então, essa Medida Provisória trata sobre descontos em folha de pagamento da margem para empréstimos.

Assim, o que estão querendo alterar é o pagamento dos empréstimos consignados por 4 meses! Saiba mais a seguir!

Emenda 1106/2022 suspensão de pagamento dos consignados

O Deputado Ricardo Silva na Medida Provisória 1.106/2022 uma emenda cujo objetivo é ajudar as pessoas que tem acesso aos empréstimos consignados!

A suspensão dos pagamentos por 120 dias!

Sendo assim o Deputado Ricardo Silva busca a suspensão dos pagamentos empréstimos consignados, assim quem possui empréstimos consignados já contratados, poderá ficar até 120 dias (4 meses) sem pagar as parcelas com zero acréscimo de juros na modalidade.

Suspensão dos pagamentos

Os pagamentos deverão ocorrer normalmente, porém serão movidos para o final do prazo do contrato, liberando assim 120 dias para a preparação dos pagamentos.

A medida prevê também beneficiar os nossos militares e os servidores públicos, que ficaram infelizmente de fora da margem aumentada.

Concluindo então, as parcelas ainda deverão ser pagas! O que acontecerá é apenas suspensão por 4 meses!

Além disso, não haverá cobrança de juros ou encargos extras, seguindo normalmente os valores firmados no contrato do empréstimo consignado.

A emenda precisa passar por votação no Congresso Nacional, pois está junto à Medida Provisória de aumento de margem.

Uma Medida Provisória tem o prazo de validade de 120 dias no total, ou seja, caso não passe por votação nos 60 primeiros dias, pode ter prorrogação por mais 60 dias.

FALE CONOSCO

Solicite um empréstimo com a João Financeira, uma financeira com mais de 18 anos com experiência no mercado!

Clique no link acima para falar imediatamente com um dos nossos especialistas e tenha um orçamento em até 24 horas!

Conclusão

Sendo assim as parcelas não pagas durante esse período serão pagas ao final do contrato do empréstimo, porém terão seus valores mantidos.

No caso da MP 1.106/2022 os primeiros 60 dias se encerraram em 13 de maio, o que fez com que a medida fosse prorrogada. Agora, vale até 15 de julho.

Dessa forma este é o prazo final para o Congresso Nacional aprovar a emenda.

A Medida já está em caráter de urgência no Congresso e a expectativa é que aconteça a votação no menor tempo possível, trazendo mais este benefício para os nosso povo!

Você pretende contratar empréstimos consignados? Conte para a gente!

Leia em seguida: Como contratar o Empréstimo Consignado?

Assim, receba nossas informações diariamente de forma gratuita! Então nos siga em nossas redes sociais:

ENTÃO CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSO PERFIL NO INSTAGRAM DO BLOG!

EM SEGUIDA CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK DO BLOG!

Dica extra: tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias! Clique aqui, se inscreva e então se preferir, assista!

Leia mais:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.