DESCUBRA AGORA QUANTO DINHEIRO OS APOSENTADOS VÃO TER DIREITO COM O AUMENTO DE MARGEM DE 5%

Saiba quanto cada aposentado pode pegar de empréstimo com novo limite do INSS.

A margem para aposentados e pensionistas do INSS pegarem empréstimo consignado aumentou. A Medida Provisória 1.006 publicada a alguns dias estendeu o limite de endividamento, até então de 35%, para 40% do salário dos benefícios. Ou seja, os segurados que fizerem empréstimos em bancos conveniados com Previdência vão poder comprometer aposentadorias e pensões até esse novo patamar em crédito com desconto em folha de pagamento. A iniciativa vale para contratos assinados até 31 de dezembro deste ano.

Eu João Adolfo de Souza “Super João” como Especialista em finanças, no entanto, alerto para o risco de endividamento e que o crédito deve servir para situações de urgência. O teto dos juros do consignado do INSS hoje é de 1,8% ao mês e do cartão de crédito de 2,7% ao mês. Segundo o INSS, são 33,8 milhões contratos ativos de empréstimo pessoal e 126.260 na modalidade cartão de crédito. Cada segurado pode fazer até nove empréstimos com desconto em folha e um no cartão de crédito simultaneamente.

O argumento do governo para aumentar a margem consignável é de facilitar a concessão de crédito durante a pandemia de Coronavirus. Atualmente, os segurados do INSS só podem comprometer com consignados até 30% do salário do benefício e mais 5% com cartão de crédito, totalizando 35%. Com a MP, o limite sobe para 35% para o empréstimo mas permanece em 5% na consignação do cartão de crédito.

Segundo o INSS, a MP transforma em lei a decisão do Conselho Nacional de Previdência Social que havia recomendado à Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia o envio de proposta para ampliar a margem consignável.

Novas regras do empréstimo consignado

Foram decididas duas mudanças:

O limite dos juros passou de 2,08% para 1,80% ao mês. Para operações realizadas usando o cartão de crédito, os juros passaram de 3% para 2,70% mensais;

O prazo máximo para quitar o empréstimo consignado é maior: até 84 meses (7 anos).

Fique de olho nas contas que virão.
Aposentados do INSS devem lembrar que muitas contas de concessionárias de serviço (luz, gás e água) que estavam suspensas em razão da pandemia de Corona vírus voltarão a ser cobradas a partir deste mês. Na avaliação de Gilberto Braga, o empréstimo com desconto em folha pode ser uma solução.

“O consignado seria uma saída para não haver cortes desses serviços que são essenciais quando as contas serão retomadas”, dá a dica.

“O aposentado só não pode aproveitar o aumento do limite para se endividar para consumo não essencial, por mais desejo que se tenha de gastar para satisfazer as vontades. Tome cuidado e faça só se realmente precisar”.

SIMULE SEU VALOR LIBERADO! ➡️CLIQUE AQUI!⬅️

1 Comment

  • Marconi wanderson moreira
    Posted 08/10/2020 20:01 0Likes

    Precisamos do décimo quarto vamos lutar para conseguir

Deixe aqui seu comentário

João Financeira – Todos direitos reservados