MARGEM ESTENDIDA DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS ESTÁ ACABANDO!

0

Resta menos de um mês para usar a margem estendida dos empréstimos consignados! Veja aqui como realizar a solicitação do benefício!

Margem Estendida empréstimo consignado

A Medida Provisória 1106 aumentou a margem dos empréstimos consignados para 40%, de volta ao valor que já tinha sido.

Em 2022 o número de empréstimos consignados realizados no país aumentou em 25%, mostrando a popularidade da modalidade para enfrentar a crise pela qual passamos.

Então a margem estendida é uma excelente opção para quem precisa de uma ajudinha para regularizar a vida financeira, uma vez que os empréstimos tem 10% a mais de margem para ser utilizada, onde 5% desses 10% são para o cartão de crédito consignado.

Dessa forma empréstimos consignados costumam variar sua margem de juros entre 2.5% e 5% ao ano, enquanto empréstimos tradicionais chegam a cobrar 5% ao mês.

Aumento de margem vai acabar em breve 

A margem dos consignados voltou para 40% a pedido dos aposentados e pensionistas, sendo que desses novos 10% aumentados 5% são destinados aos gastos com o cartão de crédito consignado, que pode ser usado para compras online.

Sendo assim a mudança não veio para ficar, sendo apenas uma medida temporária que tem data marcada para acabar no dia 15 de julho.

Então, se o benefício não for prorrogado, temos menos de 30 dias para usufruir dos empréstimos com margem estendida.

Além disso,  a mudança na margem inclui tanto os beneficiários do BPC/LOAS quanto os que recebem Auxílio Brasil no grupo que tem acesso aos consignados.

O que pode acontecer com a margem consignável?

Para entender bem esse ponto é necessário entender o cenário em que a margem se encontrava antes da MP. Portanto, até o fim do ano de 2021, a margem era de 40%, sendo 35% para os empréstimos consignados e mais 5% para o pagamento de operações com o cartão de crédito consignado. 

Leia mais: 14° Salário: GOVERNO DISSE SIM! DECISÃO IMPORTANTE – ÓTIMA NOTÍCIA

No entanto, com o início de 2022 a lei que aplicava a margem de 40%, Lei 14131, chegou ao seu prazo de validade e a margem reduziu para os 35% automaticamente. Porém, a MP 1106 trouxe esses 5% de volta para o jogo e agora os segurados têm acesso à margem do ano anterior novamente. Caso o texto não vá à votação, a margem voltará ao percentual de 35% e os BPC/LOAS ficarão sem empréstimo consignado.

Margem social dos empréstimos consignados

Em conjunto com a margem estendida está tramitando também o projeto da margem social dos empréstimos consignados, que vai fornecer de maneira emergencial uma nova linha de créditos consignados de até 20 mil reais por pessoa nos bancos brasileiros!

Sendo assim o projeto de lei (Nº 4732/20) é de autoria do Deputado Pompeo de Mattos – PDT/RS, em iniciativa com o Advogado Sandro Lúcio Gonçalves.

Suspensão dos consignados

E para melhorar ainda mais a situação dos empréstimos consignados, existe o projeto da suspensão dos pagamentos de empréstimos consignados.

O projeto defende então a suspensão dos pagamentos por 120 dias, ou seja, 4 meses entre a contratação do empréstimo e o início dos pagamentos.

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM DO BLOG!

CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK DO BLOG!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva e assista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.