Decreto do presidente impede suspender os empréstimos consignados

0

Por conta da assinatura do decreto pelo Presidente da República Jair Bolsonaro a suspensão dos empréstimos consignados por 180 dias não será possível.

Isso porque, passou a valer em julho de 2021 a Lei 14.181, que é a Lei do Superendividamento. Não é igual a suspensão dos consignados, mas por conta desta lei os aposentados conseguirão renegociar suas dívidas advindas do empréstimo consignado, o que é uma boa notícia! Mas tem um porém. Continue lendo para entender!

Como funciona a Lei do Superendividamento?

A Lei do Endividamento Excessivo nº 14.181/21, que entrou em vigor a partir de julho de 2021, permite uma forma de negociação de dívida semelhante a uma empresa em recuperação judicial, alterando a Lei de Defesa do Consumidor e a Lei do Idoso.

Leia mais: Contribuiu com o INSS antes de 1994? Então confira essa fortuna que você pode vir a receber

Partindo do pressuposto de que as pessoas em situação de superendividamento necessitam de proteção especial, a lei busca proporcionar ao consumidor novos mecanismos de conciliação e renegociação de dívidas sem causar problemas ainda maiores aos devedores por meio de planos de pagamento que satisfaçam os direitos dos credores.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Blog da João Financeira pelo WhatsApp

Suspensão dos empréstimos consignados por 180 dias; confira as últimas notícias. (Fonte: João Financeira TV).

Qual o objetivo da Lei do Superendividamento?

Seu principal objetivo é regular a concessão de crédito, realizar a negociação coletiva de dívidas com credores e possibilitar a mediação coletiva entre devedores individuais e seus credores.

Isso porquê o endividamento excessivo pode prejudicar as necessidades básicas de um indivíduo. Sem dinheiro para manter as necessidades básicas, os consumidores colocam suas vidas em risco.

Leia mais: INSS liberou surpresa vai cair na sua conta nesse mês! Finalmente

Mas a Lei do Superendividamento protege a população dessa situação extrema. Esta lei entende que qualquer tentativa de censurar e reparticionar os valores deve manter um mínimo. Este valor seria o valor ideal para garantir a vida, nomeadamente o pagamento de água, luz, habitação e alimentação. Assim, consumidor endividado pode renegociar todos os valores ao mesmo tempo. Trata-se de uma renegociação de dívida, um processo amigável que conta com a presença de credores.

Leia mais: Você tem mais de 60 anos? Receba 5 benefícios garantidos em lei que você não sabia

Mas há ressalvas. A lei estabelece que o financiamento imobiliário não pode ser incluído em planos de pagamento, nem pode incluir empréstimos garantidos ou compras de luxo.

Leia também:

Surpresa para todos os aposentados; Bolsonaro ASSINOU DECRETO

INSS: Aposentados podem receber 3 parcelas de R$1500! Então confira quem tem direito a receber

Saiu as datas de pagamento do 14º Salário? Consulte quem vai receber esse abono extra; Assim, confira como vai funcionar

Dica bônus:

Receba nossas informações sobre suspensão consignado e outras de forma gratuita! Então nos siga em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra! Tenha então todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias! Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.